Economista Ricardo Bielschowsky recomenda o documentário memória de Carlos Lessa