Pesquisa: 


Grandes Economistas
Biografias disponíveis: 166
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
Jevons, William Stanley
(1835-1882)

Economista nascido em Liverpool, William Stanley Jevons era de uma rica família de comerciantes faliu antes de ele terminar seus estudos. Por causa disso teve que emigrar à Austrália onde trabalhou na Casa da Moeda de Sidney. Posteriormente, regressou a Inglaterra onde estudou lógica e economia e conseguiu um posto de professor de Lógica, Filosofia Moral e Economia no Owens College de Manchester.
Jevons utilizou a matemática para alcançar seu objetivo de igualar a Economia às Ciências Naturais. No começo da década de 1870, simultaneamente aos trabalhos de Walras e Menger, publicou uma síntese elaborada das teorias do consumo, da troca e da distribuição, assentando assim as bases para a "revolução marginalista" que lhe seguiu.
Considerava que a utilidade só pode ser medida em termos ordinais e que a utilidade proporcionada por um bem é inversamente proporcional à quantidade desse bem previamente possuída. Também estabeleceu claramente a diferença entre utilidade total e o que chamou "grau final de utilidade", que depois recebeu o nome de utilidade marginal.
Jevons afirmou que "o valor do trabalho deve ser determinado a partir do valor do produto e não o valor do produto a partir do valor do trabalho", contradizendo assim a teoria clássica da tradição ricardiana e marxista.
 
 
Obras:
The Coal Question (1865)
Account of a General Mathematical Theory of Political Economy (1871)
Los principios de la ciencia (1874)
Money and Mechanism of Exchange (1875)
The State in Relation to Labour (1882)
Methods of Social Reform (1883)
Investigations in Currency and Finance (1884)
 
Acesso em: 21/09/2005
« Voltar